Arquivo da categoria: Marketing

Você enfatiza o cotidiano na criação de conteúdo?

Olá Psi, bóra falar de criação de conteúdo?

Neste texto vou te mostrar uma técnica que pode ajudar na criação de conteúdo. O foco é entregar realmente sua mensagem as pessoas e consequentemente ajudar a fortalecer sua imagem profissional.

Estes dias eu liguei o rádio do meu carro e estava tocando “Que País é Este” do Renato Russo.

Acho que a maioria das pessoas conhece esta musica, e eu fiquei refletindo sobre como a letra é atual e tem a ver com algo que precisamos praticar na criação de conteúdo.

Talvez você possa pensar mil coisas sobre a letra da musica, a crise financeira, politica e questões éticas. Mas na verdade esta musica tem uma força especial porque esta falando do cotidiano e da realidade através que vivemos.

Quando eu resolvo falar da musica para você, o que estou fazendo?

Falando também de um cotidiano que provavelmente você vive ou viveu. Isso cria simpatia e ajuda a levar a mensagem para quem lê.

Então, você acabou de ler cerca de 7 parágrafos e 183 palavras, que são uma introdução ao assunto. E, já esta lendo este texto a mais de 20 segundos.

Temos em média de 10 a 20 segundos para prender a atenção das pessoas.

Levando em conta quem nos ouve ou lê, com honestidade, podemos humanizar a criação de conteúdo, tornar nossa mensagem mais acessível e gerar valor ao mesmo tempo.

Mas, será que eu poderia ter dito, outra coisa? Em vez de falar do Renato Russo?

Se o que eu tenho para dizer não gera coisas ruins, fere quem esta me ouvindo, é anti ético ou é uma mentira, provavelmente sim!

É apenas uma questão de bom senso e a busca por empatia.

Dentro do consultório a empatia é desenvolvida através de uma escuta interessadas e demonstrações bem especificas.

Quando as pessoas não estão diante de nós, falar do que elas falam, comentar sobre o cotidiano que vivem e muitas outras coisas, ajudam na criação desta conexão necessária para que nossa mensagem realmente chegue até elas.

Então, quer uma idéia para um conteúdo novo? – Pense na novela, no cinema, nas noticias, nas musicas…

As vezes nem precisamos falar delas, mas citar isso ajuda a gerar um conforto na outra pessoa. Se você tem algo de valor para transmitir, este conforto pode significar conseguir ajudar outra pessoa ou não.

Gostou destas dicas?

Essa é mais uma que pode ir para um caderninho de criatividade, mas essencialmente traduz uma estratégia de marketing!

Se você quer ler mais sobre isso, deixe seu comentário a baixo,

Aqui sua palavra é importante, é você que nos diz o que tem valor para você. É com este termômetro que vamos trazendo coisas que fazem a diferença.

Cadu Borbolla

“Empreenda psi, de mãos dadas com a sua independência”

O Amigo Concorrente

Olá Psi´s! Tudo bom?

Por aqui nós acreditamos na colaboração, e que é possível ter uma troca saudável com pessoas que estão atuando com um mesmo público.

Mas, o que fazer quando alguém se posiciona como nosso concorrente de maneira agressiva?

Este é um tema tenso, porque a maioria dos psi´s não quer isso, nós também não queremos. Mas, o ser humano cria lá suas disputas, não é mesmo?

O que fazer quando outro profissional fala mal do seu trabalho publicamente ou no privado?

Algumas criticas, podem ser boas aliadas, na medida que indicam erros para serem corrigidos, mas como agir em relação a quem quer ser concorrente destrutivo?

Considere ele seu amigo!

Não amigo daqueles que você vai abraçar, beijar e ter carinho. Mas seu amigo na medida que toda a tensão gerada, pode servir para novas ideias, criatividade e uma maior atenção para o que estamos fazendo.

Costumo dizer que um concorrente é como a raia de uma piscina de natação, se você esbarra nela é porque não esta nadando em linha reta.

Foque no seu curso, trace a sua linha. Olhe para o lado para não esbarrar nas raias, mas nunca, em hipótese alguma, tente arrancar a raia dali ou entre nos jogos de concorrência.

Ficar brava e chateada com a raia também não melhora nosso curso.

Contudo, não finja que não existem as raias, porque se elas estão ali é necessário ter atenção.

Por fim, evitem o termo concorrente, porque pressupõe uma disputa.

A nossa maior disputa não deve ser em relação aos outros, mas em relação a nós mesmos. Melhorar e desenvolver sempre!

Se alguém se assume concorrente, é um direito da pessoa, mas não é um jogo para ser jogado por você!

Nosso mundo, esta (ainda bem) aprendendo a trabalhar dia a dia mais em colaboração do que em disputa e concorrência!

Se você gostou desta Reflexão, deixe sua opinião aqui abaixo.
Cadu Borbolla
“Empreenda Psi, de mãos dadas com a sua independência”

Saiba Tudo Sobre o Que você Quiser

Saiba Tudo Sobre o Que você Quiser!

Já pensou se fosse possível?

Oi Psi, tudo bom?

De tempo em tempos nós fazemos buscas na internet sobre determinados assuntos para nos manter atualizados, certo?

É assim que sabemos das novidades do mundo, estimulamos nossa criatividade, conhecemos novas técnicas para profissão e checamos como anda a nossa imagem e de outros profissionais da web.

Isso dá trabalho, é verdade, e é dificil saber o que é realmente novo. Porque as pesquisas do Google, não priorizam as coisas novas.

Mas, e se eu fizesse uma pesquisa semanal para você e mandasse apenas as novidades no seu email, você iria gostar?

Pois então, o google oferece esta ferramenta e poucas pessoas sabem disso.

É chamado Google Alertas, você pode acessá-lo aqui: http://www.google.com.br/alerts.

Você só precisa ter um e-mail do google (Gmail) e já pode usar.

Basta escrever o que você quer procurar e criar um alerta.

Ele te permite escolher a frequência da pesquisa, locais onde ele vai procurar, o idioma, região, quantos resultados ele deve te mostrar e o e-mail onde ele deve enviar a busca, é bem fácil e intuitivo. Quebra um super galho!

E adivinha qual o primeiro termo que você deve pedir para o Google Alertas Vigiar?

O seu nome, é claro!

Assim, se alguém falar algo sobre você em algum site, matéria ou se surgir uma notícia sobre você, é provável que você fique sabendo.

Mas, e aí Cadu, o que eu faço se alguém falou de mim?

Agradeça, faça contato, estabeleça relações com pessoas que tem alguma afinidade com você.

Se, alguém falou mal, em algumas circunstâncias também é legal agradecer o feedback.

Mas, principalmente, aprenda com o que falam. Porque se alguém falou de você é porque existe algum acerto ou até erro, e é sempre bom nos avaliarmos!

Quando contratamos um profissional para cuidar da nossa imagem ele acompanha tudo de pertinho. Mas se você não tem, como a maioria, oportunidade de contratar alguém, faça você!

Gostou da dica?

Use com cuidado, ok? É fácil encher o e-mail de coisas que não valem a pena.

Se dicas assim são legais, comente aqui abaixo.

Nós queremos apenas contribuir com você, então sua opinião faz diferença!

Abraços!

Cadu Borbolla

“Empreenda psi, de mãos dadas com sua independência”

A Verdade sobre o Marketing

Olá Psi,

Ultimamente se tem ouvido falar muito sobre Marketing, principalmente Marketing Digital. Mas ninguém admite que existem 2 lados no marketing, e precisamos escolher o nosso lado…

Esta escolha é o nosso farol para desenvolver serviços, criar conteúdos e usar estratégias realmente boas.

Churchill Jr. e Peter, (2000), ligam o marketing a percepção que desenvolvemos dos problemas das pessoas e nossa capacidade de sanar estes problemas. Em suma, se você pode ajudar com algo, ponha a mão na massa!

Mas, a verdade é que este é apenas um lado da história. Este lado nós podemos chamar de Lado da Ética e Colaboração. Mas existe um Lado B, onde a principal necessidade levada em conta é a de gerar dinheiro para quem oferece ou vende algo.

Infelizmente é muito fácil realizar pesquisas e se aventurar a oferecer serviços e soluções as quais efetivamente não beneficiam as pessoas, são irreais ou não se tem qualificação para oferece-los:

  • “Cura Gay”;
  • “Melhore sua Auto Estima em 2 semanas”;
  • “Reconheça 100% dos mentirosos em sua vida”;
  • “Como salvar seu Casamento em 5 semanas (com um curso online)”.

É triste, mas estes serviços existem ou já existiram. Isso é o Lado B.

Vocês sabem que este lado B existe em todas as áreas e profissões. Não é necessário citar os Psi´s (só de titulo), Médicos, Advogados e etc, que fazem parte do Lado B de suas profissões.
Então, além de escolher o lado da sua profissão, para empregar bem o Marketing é preciso escolher de que lado estamos no Marketing também.

Você quer ficar do lado de quem quer ajudar ou do lado de quem quer só se beneficiar? As vezes os Psi´s que querem ajudar se deparam com o Marketing Lado B, estranho e esquisito, mas existe um lado bom.

O Lado da Ética e da Colaboração, incrivelmente e felizmente, está crescendo, e oferece a oportunidade de vocês levarem algo bom ao mundo e de forma natural terem recursos para viver bem e se concentrar em colaborar mais.

Mesmo que você não saiba ainda seu valor e o que pode levar de bom para o mundo, este lado ético e de colaboração, também te ajuda a definir isso de verdade.

Então, escolha o seu lado!

Nós aqui, falamos para o Lado da Ética e da Colaboração, porque acreditamos e queremos do fundo da alma, construir um mundo melhor!

Se você se identifica com este lado e quer aprender coisas práticas ou entender como tudo funciona de verdade, nós iremos te contar muitas coisas por aqui, para você fazer e também para evitar fazer.

Por exemplo:

Você sabia que ao ser convidado(a) para palestrar em um evento grande, deveria se preocupar em fazer alguns cartões de visitas, especialmente para este evento? Não só isso… você também poderia usar o mesmo padrão visual e gráfico dos cartões nos seus slides, em uma tiragem pequena e especial?

Certamente, se você fez o seu trabalho bem, você será facilmente lembrando(a) com uma breve olhada no design do cartão (mesmo sem lê-lo); Não é ótimo?

Agora, me diga uma coisa… O que você acha deste assunto que acabou de ler? Tem dúvidas, questões, quer dividir algo com os outros Psi´s? Escreva seu comentário… Ele é muito importante para construirmos uma rede de apoio e aprendizado.

Suas Palavras Fazem Diferença!

Cadu Borbolla

“Empreenda Psi, de mãos dadas com a sua independência”

De Mãos Dadas com a Sua Independência

Olá, Psi… Se aprochegue! 🙂

Temos tanto a dizer, que ficamos aqui na maior dúvida de por onde começar, sabe?

Nós queremos trazer conteúdos úteis à vocês, então, pensamos o seguinte: Que tal se a gente iniciasse passando para os psis um pouco sobre a relevância da internet para sua atuação?

Então, pega um cafezinho e acompanhe a leitura!

A ideia desse projeto é trazer perspectivas empreendedoras para os profissionais da Psicologia, pensando nisso, precisamos falar sobre Marketing Digital. Precisamos enxergar a sua perspectiva de transformação e encara-lo como uma oportunidade!

O Marketing Digital é um conjunto de atividades que você executa online, com o objetivo de abrir portas, atrair clientes e parcerias, vender produtos e serviços e, uma maneira muito eficaz de desenvolver uma identidade para a sua clínica ou projeto, gastando pouco.

Estar conectado, profissionalmente falando, te traz inúmeras vantagens, dentre elas:

– Você impacta e é ouvido por mais pessoas

Você tem um alcance global e, tendo alcance global, você exclui totalmente a limitação geográfica e ainda por cima, gasta menos com publicidade! 😉

– Consegue avaliar (de maneira palpável) o alcance do seu trabalho

Com o crescente número de pessoas conectadas à Internet, houve também a expansão dos sistemas que fazem leituras precisas do alcance dos conteúdos que você cria. Essa é uma das grandes vantagens do Marketing na Internet. A comunicação está deixando de ser unilateral, trazendo possibilidades de criar interações mais ricas e aprofundadas com as pessoas que você escolher.

Por exemplo:

A interação das pessoas com a sua ação de Marketing, gerará informações sobre comportamentos e características demográficas, que poderão te ensinar sobre as pessoas e os resultados que você precisa.

Como diz o ditado: “informação é poder”.

Neste caso, “poder” é uma forma de ajudar a transformar. Gerar coisas boas para as pessoas e para a sociedade!

Quando você conseguir enxergar o Marketing como aliado para o seu propósito de vida, você vai ver que vale muito a pena entender e aplicar ele no seu trabalho.

Para o alto e avante!

Cíntia Milanese

Empreenda Psi, De mãos dadas com sua independência